segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Quem é o palhaço?

Eliane Cantanhêde
FOLHA DE SÃO PAULO 

Para os céticos e mal humorados de sempre, aqui vai uma excelente notícia: o Brasil está tão poderoso, mas tão poderoso, que não apenas vai solucionar o conflito do Oriente Médio como já começa a humilhar os países ricos. O resto do mundo que se cuide!

A jornalista Érica Fraga mostrou que, com o aumento de 62% nos salários de deputados e senadores, o Brasil vai gastar mais com seus congressistas do que Estados Unidos, Japão e União Europeia!

A remuneração anual vai a US$ 204 mil, mas não fica "só" nisso. O país é tão pródigo que lhes dá também auxílio moradia, passagens a rodo, correspondência grátis, carros com motoristas para uns, polpudos planos de saúde para todos. E, assim, os US$ 204 mil pulam para US$ 896 mil por ano.

Que não venha essa imprensazinha brasileira, tão sem controle (por enquanto...), fazer comparações desagradáveis de mérito: o que os nossos parlamentares fazem aqui, o que os outros fazem por lá e o que os países e seus povos lucram -ou perdem- com isso.

E o melhor da história é o efeito cascata: aumenta o salário dos parlamentares em Brasília, aumentam os salários dos parlamentares no país inteiro. Uma verdadeira festa às vésperas do Natal nesse Brasil tão varonil, cheio de encantos mis.

O Tiririca não tem nenhum motivo para estar tiririca e está rindo de orelha a orelha desde que pisou no Congresso, confirmando que, ao contrário do que ele dizia, pior do que está sempre pode ficar.

Os tiriricas de São Paulo e do resto do país estão de parabéns porque são mais espertos do que todo o mundo desenvolvido. Besta mesmo é quem paga conta, além, é claro, dos 14 milhões de miseráveis que continuam vivendo em condições medievais, à espera de um "futuro" que insiste em chegar antes para uns do que para outros.

Pensando bem, o Tiririca não tem nada de palhaço. Os verdadeiros palhaços somos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário